18 maio, 2010

Clipping de notícias de interesse eleitoral #2


São muitas as notícias dessa semana. Os blocos de links podem ter um significado, separados por temas, notícias e comentários de uma região ou de um candidato em particular.

Comércio varejista da Bahia cresce 19% em março deste ano
Wagner responde a Caetano e diz que preserva o Pelourinho: A indigência da oposição na Bahia tem provocado efeitos curiosos. Na falta de um projeto concreto pro estado, os opositores, antes aferrados à segurança pública como único recurso, agora se apegam a qualquer "crítica" externa dirigida ao governo. Dessa vez, Caetano foi o agente.

É natural que a segurança pública seja uma questão problemática para os governos estaduais, mas o candidato apoiado pela oposição na Bahia, no plano nacional, tem falhado vergonhosamente no propósito de implatar diretrizes humanitárias na execução da segurança, como testemunham as notícias abaixo. Na Bahia, o caso se inverte, as dificuldades em grande parte resultam de uma bem sucedida iniciativa de fazer dos Direitos Humanos o eixo das políticas públicas de segurança, no sentido contrário a todas às tentativas dos governos carlistas. Méritos de Marília Muricy Machado.
A escalada de violência da PM paulista
Polícia investiga envolvimento de PMs em chacina em Campinas

TSE multa Dilma e PT, que terá programa suspenso: O TSE suspendeu o direito do PT transmitir propaganda partidária até o início do primeiro semestre de 2011. Cabe recurso!

A campanha limpa do PSDB
Ataque do PSDB a Dilma irrita marqueteiro de Serra
MPE diz que site "Gente que Mente" é legal

Como funciona o esquema da "Imprensa" para limpar a barra de José Serra
Desde 2000, 623 políticos foram cassados. DEM lidera ranking: De acordo com a pesquisa, o DEM é o partido que lidera o ranking (69), reunindo 20,4% dos políticos cassados. O PMDB (66) aparece logo depois, seguido por PSDB (58), PP (26), PTB (24), PDT (23), PR (17), PPS (14) e PT (10). Na última posição está o PV (1), empatado com PHS, Prona, PRP e PSDB.
Programas de renda encolhem com Serra
Serra volta a criticar juro e se diz de esquerda: "O Lula está acima do bem e do mal. Não me compare a ele", disparou Serra. Repito: temerária a estratégica de não confrontar Lula. Pode ser uma boa tática, mas é arriscada.
Na política externa, Serra tem dado declarações bizarras.
Chanceler argentino rebate críticas de Serra ao Mercosul: José Serra (...) classificou o Mercosul como uma "farsa" e "uma barreira para que o Brasil possa fazer acordos comerciais". Que ambiente político para um futuro governo se constrói com esse tipo de declaração?
Não (receberia nem visitaria) o presidente Mahmoud Ahmadinejad: Vê-se que Serra prefere o Brasil no papel acanhado que sempre foi o seu. Resta saber se os eleitores querem o mesmo.
A tragédia do Butantan: "O incêndio de um dos galpões do Instituto Butantan, que destruiu a maior e mais importante coleção científica de ofídios do mundo, iniciada há 120 anos, é uma advertência alarmante sobre o que pode acontecer com qualquer museu e instituto de pesquisa do governo estadual [paulista]".
Le Monde: Graças ao “Bourse familiale” o trabalho infantil recuou de 50% no Brasil
ONU premia Lula “Campeão do Mundo na Batalha Contra a Fome”
Emprego formal bate recorde: No primeiro quadrimestre de 2010 as contratações superaram em 962,32 mil o número de trabalhadores demitidos.

Ministro do TSE (Marco Aurelio de Mello) comenta o projeto Ficha Limpa: "Queremos atender aos anseios da sociedade, mas nosso dever maior é com a guarda da Constituição Federal". Palmas!

Deixarei os comentários sobre o impacto do acordo com o Irã pra próxima semana.

Nenhum comentário :