12 dezembro, 2008

Bola levantada para Gilmar Mendes

Fico sabendo através do Animot que Gilmar Mendes será o entrevistado na segunda pela banca do Roda Viva. Entre os entrevistadores estão: Márcio Chaer, editor do site Consultor Jurídico; Reinaldo Azevedo, articulista da revista Veja e do blog Reinaldo Azevedo; Eliane Cantanhêde, colunista do jornal Folha de S. Paulo; e Carlos Marchi, repórter e analista de política do jornal O Estado de S. Paulo. Será um belo teatro! Uma empreitada em favor do Estado de Direito. Mas qual deles? O de Gilmar, claro, aquele que brada furiosamente contra a partidarização de funcionários públicos enquanto ele mesmo tem presença forte na política de Mato Grosso.

É uma bola levantada, Gilmar só precisa cortar. Qualquer pessoa sabe que o ministro não dá declarações à toa. Escolhe os melhores momentos e acima de tudo as melhores perguntas. Ele não aceitaria participar de um programa de entrevistas se não se sentisse seguro de que não seria constrangido com perguntas como:

1. Como o senhor pode exigir que os funcionários públicos não participem da vida partidária se sua figura é decisiva nas eleiçoes em Mato Grosso?
2. Que fato justificou que o STF pusesse de lado a súmula editada pela própria casa -- súmula 691 -- que impedia a supressão de instância no julgamento de habeas corpus?
3. O senhor considera que as gravações em vídeo e áudio não constituem "fatos"? Pois foi essa a base para concessão do habeas corpus de Daniel Dantas: a ausiência de fatos na fundamentação do pedido de prisão.
4. Um juiz -- como qualquer pessoa razoável -- não está obrigado a apresentar provas de suas acusações? Por que a "crise institucional" foi decretada sem que nenhum elemento material fosse trazido a público para fundamentá-la?
5. (Quase esqueci dessa pergunta) O que o senhor tem a dizer sobre as facilidades que Dantas disse encontrar no Supremo Tribunal Federal? E qual é a relação dessa afirmação com os dois habeas corpus deferidos no seu tribunal?

É lamentável que a TV Cultura tenha se alinhado às hostes de Daniel Dantas. A omissão é tão irresponsável quanto a atuação. Escreva para o Fale Conosco e deixe seu protesto contra esse teatro. Vamos cobrar que jornalistas notoriamente comprometidos com a apuração do caso sentem-se naquela bancada.

Atualização 1: Vamos esperar que o Ombudsman da TV Cultura se manifeste

Atualização 2: Roda Viva: Gilmar Mendes será entrevistado por seu assessor de imprensa, Márcio Chaer. Pode uma oisa dessas?
.

Nenhum comentário :